Fale conosco pelo WhatsApp

Blog

Porto Digital: conectando patrimônio e tecnologia em Recife-PE

O bairro do Recife é um dos bairros mais antigos da capital pernambucana e berço do comércio portuário da cidade. Com edificações com mais de 400 anos que abrangem estilos arquitetônicos diversos, como o colonial, eclético, industrial e moderno, a região tem um imenso valor histórico. Muitos dos edifícios da região se encontravam em estado de degradação interna e externa, porém vem sendo revitalizados em parceria público-privada como parte das premissas do Porto Digital, parque tecnológico que visa combinar o desenvolvimento de empresas de tecnologia com a preservação da história e da cultura.

A Mobio arquitetura participa dessa revitalização através do projeto de retrofit interno do edifício Moeda 50, uma edificação histórica que abrigará a sede uma startup de energia solar. O edifício, que tem a fachada tombada pelo IPHAN, foi restaurado em 2018 conforme as normas técnicas aprovadas pelo órgão e agora está em processo de reforma para atender às demandas da empresa que o ocupará.

Em um projeto de revitalização como este, julgamos importante trazer também para o interior do edifício o jogo de contrastes que existe no Porto Digital, da história presente na arquitetura convivendo com as mais inovadoras tecnologias.

Trazer empresas de tal porte tecnológico para esses edifícios necessita um projeto arquitetônico que evidencie de alguma forma o caráter inovador dessas empresas e comporte o cotidiano dinâmico de uma startup – sem perder a conexão com o contexto arquitetônico e urbanístico em que essa empresa está inserida.

Interior do edifício Moeda 50 no estado atual
Proposta de projeto corporativo para o Moeda 50

Fachadas preservadas e valorização da via pública

A preservação das fachadas dos edifícios tombados que receberão empresas do Porto Digital é aprovada pelo IPHAN e varia de acordo com o tipo de tombamento de cada edifício, cabendo ao escritório responsável adequar o projeto ao interior do edifício.

Flanar pelas ruas do Recife Antigo também é uma atração turística – a região possui muitos bares e restaurantes, portanto uma iluminação de fachada que valoriza o traçado arquitetônico do edifício, somado a equipamentos de gentileza urbana são alguns dos pontos que possibilitam uma maior integração com o exterior e conferem destaque ao edifício, valorizando e qualificando o contexto urbano em que ele se insere, consequentemente dando foco à empresa que o ocupa.

Proposta de iluminação de fachada para o edifício Moeda 50 no Porto Digital

Dinâmica das startups

Empresas de tecnologia geralmente possuem crescimento acelerado e um caráter mais fluido entre setores, o que demanda um ambiente de trabalho com menos divisão e maior interação entre os espaços. Mesmo espaços de diretoria e reunião, com o cuidado acústico adequado, são mais abertos ao contato visual. Ambientes que possibilitam a descompressão e integração entre funcionários também são fundamentais em empresas desse tipo, podendo oferecer atividades para lazer individual ou em grupo.

Com o crescimento do Parque tecnológico e incentivos fiscais, novos projetos corporativos ainda serão desenvolvidos na região. Da mesma forma como foi feito no projeto do Moeda 50, quando realizados em parceria com o Núcleo de Gestão do Porto Digital e com respaldo do IPHAN, qualificam a região sem necessariamente transformar bruscamente a paisagem, respeitando assim o patrimônio e  trazendo maior uso e aproveitamento de áreas de tamanha importância para cidade.

Texto escrito por Lorena Vaccarini.